q Você sabe o que é microfonia? Entenda melhor e saiba como evitar esse problema nos seus projetos - Frahm
Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Você sabe o que é microfonia? Entenda melhor e saiba como evitar esse problema nos seus projetos

Quem trabalha com sonorização de ambientes em algum momento já precisou aprender o que é microfonia e como lidar com esse problema. Aqueles que aprendem a profissão na prática, acabam se deparando com a microfonia em algum projeto e, por esse motivo, não conseguem se preparar antes.

 

Se isso ainda não aconteceu com você, aproveite este conteúdo para aprender o que é microfonia, entender melhor sobre o assunto e saber como evitar problemas em seus projetos de sonorização. Continue a leitura e aproveite!

 

O que é microfonia?

 

Para entender o que é microfonia, podemos dizer que é um incômodo sonoro bastante comum quando uma pessoa utiliza um microfone. Conhecida também como realimentação positiva do sistema de som, em geral, a microfonia acontece quando um microfone é ligado muito próximo de uma caixa de som

 

Esse barulho acontece sempre que um ruído é captado pelo microfone. O aparelho emite o som através dos amplificadores e é transmitido, em um volume muito maior, pelas caixas de som. Quando o microfone está muito próximo dos alto-falantes, o som do seu próprio ruído, que sai dos alto-falantes, é captado. Aí, ele volta para o amplificador e sai novamente pelas caixas, que vão alimentar o microfone. É um ciclo que não tem fim.

 

O que causa microfonia?

 

A microfonia não acontece por um único motivo. Na verdade, existem alguns fatores que podem fazer com que o som entre nesse fluxo repetitivo que citamos no tópico anterior. Alguns exemplos desses fatores são o tipo de microfone usado, o posicionamento das caixas, equalização etc. 

 

Agora que você já sabe o que é microfonia, veja o que pode causar esse problema:

 

Posicionamento das caixas de PA

 

PA (Public Address) é quando as caixas são posicionadas em um local com o objetivo de destinar o som ao público. O posicionamento das caixas pode causar microfonia quando os aparelhos estão direcionados para os microfones. 

 

A solução, neste caso, é instalar as caixas em um local que proporcione melhor sonorização para o público, mas não atinja os microfones. Em um auditório, por exemplo, as caixas podem ser posicionadas à frente dos microfones, antes da plateia, ou fazer uma distribuição pelo local.

 

Volume alto das caixas de PA

 

O volume alto das caixas de PA podem causar microfonia até mesmo quando os aparelhos estão bem posicionados. Isso porque, nesses casos, o som está tão alto que acaba alcançando o microfone.

 

É preciso observar não só o som das caixas, mas os níveis de volume dos instrumentos que estão sendo utilizados. Para resolver isso, converse com os músicos e operadores de som para trabalharem com a mesma intensidade sonora, porém com o volume reduzido. Assim, o som será transmitido de forma mais equilibrada e com um retorno melhor para as caixas de PA.

 

Falta de controle de ganho nos microfones

 

O controle de ganho dos microfones é necessário para regular o nível de sinal que entra no canal. Enquanto isso, o potenciômetro do volume vai controlar o sinal que está saindo do canal. Quando o ganho dos microfones está muito alto, há distorções no sinal e isso gera um desequilíbrio que pode causar microfonia. Isso pode ser evitado com um ajuste de ganho de entrada de cada canal, individualmente.

 

Excesso de equalização

 

Exceder na equalização do som é bastante comum porque muitas pessoas acreditam que o som de qualidade tem agudos mais destacados. Para isso, precisam mexer nas frequências agudas do equalizador.  

 

Porém, isso é um equívoco que causa desequilíbrios na resposta do sinal e gera realimentações das frequências, que acabam em microfonia. A qualidade do som não está relacionada com o volume em si. Sempre falamos aqui no blog, por exemplo, que um som com máxima potência nem sempre é o melhor para o projeto do cliente. Por isso, cuidado com a equalização do som.

 

Como reduzir a microfonia nos projetos de sonorização de seus clientes

 

No tópico anterior foi possível compreender que o posicionamento das caixas de som, ajustes na equalização e volume interferem diretamente no entendimento sobre o que é microfonia no ambiente. Além de seguir as orientações que listamos, existem outros fatores que podem te ajudar a evitar que esse problema prejudique os projetos de seus clientes. Veja a seguir:

 

  • Cuidado com a escolha dos microfones que vão compor o projeto. Prefira ou indique para seus clientes modelos dinâmicos e cardióides –  um tipo de microfone unidirecional, que capta o som vindo da frente e elimina o som de trás e ao seu redor;
  • Atente-se para o posicionamento das caixas, que devem estar baseadas no padrão de captação do microfone. Dessa forma, evita-se que o som retorne. Isso quer dizer que os microfones não devem ser apontados para as caixas, e vice-versa;
  • Tente manter os microfones fora do campo de projeção das caixas de som;
  • Evite usar mais microfones do que o necessário e oriente o controlador a manter aqueles que não estiverem em uso sempre fechados. Microfones abertos e sem uso aumentam as chances de microfonia.

 

Neste artigo, você aprendeu o que é microfonia, como e porque ela acontece e o que fazer para evitar ou minimizar o problema. Seguindo essas dicas, será possível evitar que o seu cliente tenha que lidar com a microfonia durante sua apresentação. 

Se você ainda não desenvolveu um projeto de sonorização e precisa de ajuda, preencha o formulário neste link e ganhe um projeto totalmente gratuito. As caixas Frahm são desenvolvidas por especialistas para apresentar baixos índices de microfonia. Então por aqui você não terá este problema!

 

Projeto pronto frahm

Últimos Artigos

WhatsApp Fale com um atendente